Edições Anteriores

2016

v. 4, n. 4 (2016): Número Especial - II Congreso de Red de Cooperación entre Instituciones de Enseñanza Superior ACINNET

 

PRESENTACIÓN

La Universidad Autónoma de Encarnación, Paraguay, ha sido sede del II Congreso de Red de Cooperación entre Instituciones de Enseñanza Superior (ACINNET), II ENCUENTRO DE INVESTIGADORES, V ENCUENTRO DE TESISTAS y VIII SEMANA INTERNACIONAL DE CIENCIAS EMPRESARIALES. Las actividades expositivas tuvieron como sede central al Nuevo Campus Urbano de la UNAE, del 4 al 7 de mayo de 2016.

El Congreso contó con 1872 inscriptos, 200 participantes del extranjero y presencia de sus máximas autoridades: el Prof. Stefano Barra Gazzola, rector del Grupo Educacional UNIS de Varginha Brasil y la Dra. Nadia Czeraniuk, rectora de la UNAE. Los miembros de la red presentes en Paraguay fueron: el Ing. René Polo – UCATEC - Bolivia, Mg. Horacio Brozzi, UAI - Argentina Dra. Alexandra Albuquerque, ISCAP - Portugal, Dr. Olimpio Castilho, ISCAP - Portugal, Dra. Isabel Barroso - IPS - Portugal, Prof. Felipe Flausino Oliveira, UNIS - Brasil, Prof. Dr. Hélder Pereira, IPS - Portugal, Ing. Luis Franchi - UAI - Argentina, Dr. Edgardo N. De Vincenzi - UAI - Argentina, Dr. Claudio Ruff - UBO - Chile, Hernán Silva, UBO - Chile, Enrique Moreno, Finis Terrae-Chile.

La UNAE fue elegida anfitriona para recibir a más de 200 estudiantes, docentes e investigadores que permanecieron durante una semana conociendo el Departamento de Itapúa y participando de una gran variedad de conferencias y encuentros científicos. Las conferencias fueron libres, gratuitas y abiertas a todo público, previa inscripción em línea en www.unae.edu.py. El congreso contó, además, con su propia página web en www.unae.edu.py/acinnet. Se ofrecieron 137 conferencias libres en torno a diversos ejes, desarrolladas durante los días 5 y 6 de mayo.

En el día jueves 5 de mayo de 2016, se desarrolló el segundo día del congreso con una agenda de visitas y conferencias. El día arrancó con una reunión oficial entre la Municipalidad de Encarnación, representada la Municipalidad por el Arq. Jorge Hrisuk, presidente de la Junta Municipal y los miembros de la Red, donde éstos recibieron el reconocimiento de “visitantes dilectos” de la Ciudad de Encarnación. Se efectuó la reunión agendada con el Gobernador de Itapúa, el Dr. Luis Gneiting, en la que también estuvo presente el Pte. de la Junta Departamental, Abog. Gustavo Miranda.

El marco del Congreso se realizó el II Encuentro de Investigadores y V Encuentro de Tesistas que congregó por su parte a 450 participantes en dos días de presentación, intercambio, discusión de investigaciones conforme con los ejes temáticos propuestos:

■ Ciencia, Tecnología e Innovación para la inclusión social

■ Educación y Desarrollo Humano

■ Desarrollo Regional

■ Docencia y Gestión Universitaria

■ Comercio Internacional

■ Agro negocios

■ Ciudadanía y Participación

■ Vigilancia y Promoción de la Salud

■ Emprendedurismo e Innovación

■ TIC e Innovación

■ Innovación Educativa

■ Turismo e Industrias Culturales

■ Universidad-Sociedad: identidad y participación

■ El derecho, su práctica y contribución al desarrollo de la sociedad.

 

Se presentaron 140 trabajos de investigadores y 37 de Tesistas en la modalidad Comunicación Oral presencial y 12 en Comunicación Virtual, así como 25 en modalidad póster. Participaron estudiantes y docentes investigadores de las universidades miembros de ACINNET: UNIS - Brasil; UAI - Argentina; UBO y FINIS TERRAE - Chile; ISSCAP - Portugal y UNAE - Paraguay, así como de otras universidades que se sumaron: UNaM y Gastón Dachary - Argentina; UNIJUI-Brasil; UNI-Paraguay. Se destacó la participación de un grupo de docentes y estudiantes de la UNCA, Caaguazú, Paraguay.

La actividad contó con el auspicio académico y la participación entre los investigadores, del Dr. Sergio Duarte Masi, Coordinador del Programa PROCIENCIA del Consejo Nacional de Ciencia y Tecnología (CONACYT) y la Ing. Jenny Cáceres por el Centro de Información Científica del CONACYT (CICCO).

El Congreso se extendió hasta el 7 de mayo con diversas actividades que incluyeron conferencias, reuniones oficiales, intercambio científico, festivales interculturales, actividades deportivas, tours turísticos, excursiones y visitas guiadas a empresas. Asimismo, los visitantes extranjeros fueron recibidos por las autoridades de las Municipalidades de Encarnación y Bella Vista.

El presente es un número especial de la Revista de la UIIPS dedicada a la Publicación de artículos presentados por los investigadores participantes del Encuentro de Investigadores, seleccionados conforme a los criterios de publicación solicitados para el Congreso y por la Revista de la UIIPS.

El Comité Académico del II Encuentro de Investigadores agradece muy especialmente el apoyo de la UIIPS para la concreción de esta publicación.

 

Comité Académico Editorial

Mirtha Dalila Lugo

Karen López

Omar Almada

Fabricio Pelloso Piurcosky

Rita Thiebeaud

Fátima Garay

Yrma Bocian

Marlene Ramirez

Felipe Flauzino de Oliveira

Pedro dos Santos Portugal Junior

 

Equipa Técnica de la Revista UIIPS

Carla Bastos

João Samartinho

v. 4, n. 3 (2016): Número Especial - Terapêuticas Não Convencionais

Editor Principal: António Moreira  - Docente na Escola Superior de Desporto de Rio Maior - Instituto Politécnico de Santarém, Especialista em Medicina Chinesa pelo Instituto Ciências Biomédicas Abel Salazar – UP

 

Conselho Editorial:

Alexandra Ferreira Martins - Mestre em Ciência Política pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas (ISCSP) Pós-Graduada em Medicina Chinesa pelo Instituto Van Nghi.

Ana Varela - Docente na Escola Medicina Tradicional Chinesa, Mestre em Clínica pela Universidade de Medicina Chinesa de Nan Jing,

Carlos Campos Ventura - Coordenador e Docente no Instituto Piaget, dos cursos de Pós-graduação em Fitoterapia

Jorge Pereira Machado - Professor Associado do ICBAS - UP, Diretor do Curso de mestrado em Medicina Tradicional Chinesa

Pedro Albuquerque -  Especialista em Medicina Tradicional pelo Pólo da Universidade de Medicina Tradicional Chinesa de Chengdu em Portugal. Pós-graduado nas Universidades de Medicina Chinesa de BeiJing, GuangDong e ChengDu (China). Mestrando na Universidade de Westminster (Londres)

Pedro Vaz - Licenciado em Cardiopneumologia pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra - Especialista em Medicina Tradicional Chinesa pelo Pólo da Universidade de Medicina Tradicional Chinesa de Chengdu em Portugal.

 

 

EDITORIAL

A publicação dum número de uma revista científica nunca é uma tarefa fácil, mas quando esse número versa sobre as terapêuticas não convencionais (TNC’s) várias razões contribuem para tornar essa tarefa ainda menos fácil.

Esta publicação só foi possível graças a abertura manifestada pelo Conselho Científico da Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém e à colaboração dos colegas membros do conselho editorial, sem os quais não seria possível seleccionar e rever todos os artigos recebidos.

Num momento crucial para a afirmação das TNC’s em Portugal, num momento em que o nosso País, se prepara para finalizar uma regulamentação pioneira e exemplar, queremos salientar o esforço de todos os envolvidos neste processo e não podemos por isso deixar de sentir a responsabilidade que cabe à construção do conhecimento pela publicação de artigos sejam eles de cariz clínico ou científico.

Os paradigmas delimitadores da construção do conhecimento estão em permanente transformação, e a compreensão e explicação dos fenómenos com base exclusivamente num paradigma positivista, progressista há 200 anos atrás, torna-se nos nossos dias num paradigma conservador a precisar de revisão, sujeito à critica racional, obviamente, e longe de poder ser considerado o padrão de ouro da investigação e da construção do conhecimento, como o foi para as ciências naturais durante todo o séc. XX.

As TNC’s não podem viver sobre um espectro de misticismo e obscurantismo, e como tal devem ser trazidas para a via da reflexão e do confronto científico.

Hoje, já não é o uso das TNC’s, nomeadamente das técnicas da Medicina Tradicional Chinesa, que está sobre o crivo da ciência, esse uso afirma-se numa procura cada vez maior de alguns procedimentos desta medicina, subjacentes a uma matriz de interpretação do conhecimento que escapam a um modelo biomédico de explicação do funcionamento do ser humano.

Hoje precisamos que a racionalidade, assente na observação (efectuada sob critérios de objectividade) e na verificação da consistência dos resultados dos procedimentos clínicos efectuados, permita a sua afirmação, contribuindo dessa forma para uma verdadeira transformação social, possibilitando ganhos quer numa perspectiva do individuo, melhorando a sua qualidade de vida e potenciando que o aumento da esperança de vida corresponda a mais anos de vida vividos com autonomia e qualidade; quer numa perspectiva da sociedade, através da luta, entre outras, contra as doenças de características crónicas e/ou degenerativas associadas a um envelhecimento da população, com menos efeitos iatrogénicos dos tratamentos, e maior sustentabilidade dos diversos sistemas de apoio social, nomeadamente do sistema nacional de saúde.

Sem pretensiosismos, e com a insipiência do pioneirismo, achamos que este pode ser um modesto contributo para sujeitar o conhecimento ao contraditório, seja na forma de conhecer, compreender, ou justificar uma intervenção, ou os mecanismos explicativos da sua eficácia ou da falta dela.

Por isso desejamos que este número especial seja o embrião de uma ou mais futuras publicações, periódicas e indexadas, com uma estrutura editorial melhorada, e agradecemos penhoradamente a todos os que contribuíram para que este número pudesse ver a luz, nomeadamente aos autores dos artigos ora publicados.

António Moreira

 

Equipa Técnica da UIIPS

Carla Bastos

João Samartinho

v. 4, n. 2 (2016): Número Especial do Congresso

CONGRESSO “Investigação em Qualidade de Vida, Inovação e Tecnologia”, 11 e 12 de Fevereiro de 2016, Rio Maior, Portugal

Em 2014, o Instituto Politécnico de Santarém, em parceria com o Instituto Politécnico de Leiria, criaram o Centro de Investigação em Qualidade de Vida (CIEQV). A Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém decidiu assim associar as temáticas de investigação e desenvolvimento do CIEQV ao seu 3º Congresso.

COMISSÃO CIENTÍFICA DO CONGRESSO

Ana Neves (CIEQV / IPSantarém), Ana Teresa Conceição (CIEQV / IPSantarém), António Azevedo (CIEQV / IPSantarém), António Vences de Brito (UIIPS / CIEQV), Artur Amaral (UIIPS), Carla Borrego (CIEQV / IPSantarém), Carlos Silva (CIEQV / IPSantarém), David Catela (CIEQV / IPSantarém), Hélia Dias (UIIPS), Hugo Menino (CIEQV / IPLeiria), Isabel Barroso (UIIPS), João Brito (CIEQV / IPSantarém), João Moutão (UIIPS), João Samartinho (UIIPS / CIEQV), Jorge Justino (CIEQV / IPSantarém), José Amendoeira (UIIPS), José Rodrigues (CIEQV / IPSantarém), Luís Cid (UIIPS), Luís Coelho (CIEQV / IPLeiria), Maria Barbas (UIIPS), Maria Isabel Dias (CIEQV / IPLeiria), Maria Isabel Varregoso (CIEQV / IPLeiria), Maria João Cardona (UIIPS), Marília Henriques (UIIPS / CIEQV), Marina Rodrigues (CIEQV / IPLeiria), Martinho Vicente Rodrigues (CIJVS), Paula Ruivo (UIIPS / CIEQV), Sónia Morgado (UIIPS / CIEQV), Susana Colaço (UIIPS), Susana Leal (UIIPS / CIEQV)


2015

v. 3, n. 6 (2015): Revista da ESES

Conselho Editorial deste número:

Maria Barbas
Susana Colaço
Maria João Cardona
Com o apoio de Helena Val



2015

v. 3, n. 5 (2015): Revista da ESSS

Editorial
A relevância da existência de um veículo para a publicação da atividade desenvolvida por estudantes, professores e parceiros, torna-se evidente no presente número da Revista da UIIPS da responsabilidade da Escola Superior de Saúde de Santarém (ESSS).
A Enfermagem desenvolve-se aos diferentes níveis de intervenção: a prestação de cuidados, a gestão dos cuidados e a prestação de serviços de consultoria e investigação, áreas que encontramos como conteúdo dos artigos que compõem este número que se constitui na oportunidade para a comunicação de resultados que traduzem a dinâmica de investigação, do ensino e de atividades de extensão à comunidade, desenvolvida por professores, estudantes de mestrado, enfermeiros com grau de mestre e enfermeiros de organizações parceiras.
A translação do conhecimento adquire especial relevância numa disciplina como a Enfermagem, reconhecendo à singularidade dos cuidados quando centrados nas necessidades das Pessoas, Famílias e Comunidades, a competência que os enfermeiros demonstram quando decidem considerando-os como parceiros de cuidados.
A prática baseada na evidência assume-se claramente como valorizadora da utilização de uma linguagem teórica comum à disciplina, da experiência profissional e da singularidade dos clientes de cuidados, no que concerne aos valores e preferências dos mesmos.
Escrever para publicar constitui-se num processo de integração entre a escrita criativa e a escrita científica nem sempre fácil de concretizar, mas promotora de satisfação e envolvimento de quem escreve e publica.
A participação dos estudantes de mestrado, de mestres em enfermagem e enfermeiros das organizações parceiras no processo de publicação, demonstra a capacidade da Escola em afirmar-se na Missão que preconiza a integração do ensino, da investigação e da extensão à comunidade como estratégia conducente à qualidade do serviço educativo prestado à sociedade.
Os artigos, num total de vinte e nove, abrangendo diferentes áreas de especialização do conhecimento em enfermagem e resultando de processos de investigação para obtenção de grau académico e de investigação aplicada, bem como de atividades desenvolvidas no âmbito da extensão à comunidade, demonstram a vitalidade e consolidação da linha de investigação da ESSS: O cidadão no centro do processo de cuidados de saúde.
Prosseguimos esta consolidação com o aprofundamento do conhecimento na utilização da Revisão Sistemática de Literatura como instrumento que sustenta e consolida uma prática baseada na evidência, constituindo-se assim num contributo real para o desenvolvimento da Enfermagem como disciplina e profissão, fortalecida por uma perspetiva de interdisciplinaridade essencial à promoção da qualidade também nos diferentes processos de cuidados.
O Conselho Editorial da Revista UIIPS da ESSS, congratula-se pela qualidade dos artigos publicados, agradecendo aos autores e aos revisores que permitiram assegurar esta qualidade.
Caros professores, estudantes e enfermeiros das instituições parceiras aceitem o convite à preparação de novos estudos, projetos e relato de atividades, para que o próximo número da nossa revista, se constitua como o modo e o espaço que permita fomentar e consolidar o Comité para Prática Baseada na Evidência que consideramos como contexto propício ao desenvolvimento da metodologia da Revisão Sistemática de Literatura para uma consequente prática baseada na evidência.
A todos o nosso bem haja.


O Conselho Editorial

v. 3, n. 2 (2015): Número Especial da Rede ACINNET

Número Especial da Revista da UIIPS dedicada à Rede de Cooperação entre Instituições de Ensino Superior (ACCINET - Universidad Abierta Interamericana – UAI (Argentina), Centro Universitário do Sul de Minas – UNIS-MG (Brasil), Universidad Finis Terrae – UFT (Chile), Universidad Bernardo O’Higgins – UBO (Chile), Universidad Autónoma de Encarnación – UNAE (Paraguai), Instituto Politécnico do Porto (Portugal) e Instituto Politécnico de Santarém – IPSantarém (Portugal)).

Editor Chefe
Fabricio Pelloso Piurcosky - Grupo Educacional Unis

Editores

Pedro Sequeira - IPSantarém
Anabela Mesquita - IPP
Paula Peres - IPP
Paulino Silva - IPP
Isabel Barroso - IPSantarém
Mario Lattuada - UAI
Rodrigo Ascanio Ramirez Tagle - UBO
Ariadna Guaglione - UAI
Nilton dos Santos Portugal

Revisores

Dr. Danillo Barbosa - Unis - Brasil
Dr. Guaracy Silva - Unis - Brasil
Ms. Jeferson Vinhas Ferreira - Unis - Brasil
Ms. Pedro dos Santos Portugal Junior - Unis - Brasil
Dr. Clara Ribeiro - ISCAP - Portugal
Dr. Erondina Leal Barbosa - Unis - Brasil
Dr. Nelson Delu Filho - Unis - Brasil
Ms. Eduardo Henrique Ferroni - Unis - Brasil
Ms. Armando Belato - Unis - Brasil
Ms. Hugo Rodrigues Vieira - Unis - Brasil
Ms. Nancy Silva - Unis - Brasil
Dr. Kleber Mariano Ribeiro - Unis - Brasil
Ms. Isabel Barroso - IP-Santarém - Portugal


1 a 10 de 10 Itens    


ISSN: 2182-9608