A intervenção do enfermeiro na promoção da parentalidade: pais com criança em situação de doença

Elsa Silva, Regina Ferreira, Lurdes Torcato

Resumo


Este artigo expõe a síntese do relatório de estágio apresentado para a obtenção do grau de Mestre em Enfermagem de Saúde da Criança e do Jovem.

Cuidar em Pediatria remete para uma filosofia de cuidados centrada na criança/jovem e família. Considerando os pais, os melhores prestadores de cuidados, constituem-se parceiros na prestação de cuidados à criança. É fundamental que os Enfermeiros apoiem os pais durante as transições do ciclo de vida e desenvolvam intervenções que promovam a parentalidade com o objetivo de os dotar de competências parentais e de conhecimentos, para cuidarem dos seus filhos em situação de doença.

Objetivo: Analisar as intervenções desenvolvidas pelo Enfermeiro na Promoção da Parentalidade, junto dos pais com criança em situação de doença, através da Prática Baseada na Evidência.

Metodologia: Revisão Sistemática da Literatura, com pesquisa em bases de dados científicas (2009 - 2014).

Resultados: Evidências revelam a importância dos cuidados centrados na família e sua complexidade. O apoio aos pais, relação de parceria, de confiança e a capacitação, são cruciais na promoção da parentalidade.

Conclusões: Mobilizar a Prática Baseada na Evidência na área da Parentalidade contribui para uma intervenção de enfermagem competente, científica e atual.

 

Palavras-Chave: Cuidar, Enfermeiro, Pais, Criança doente, Parentalidade.


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Copyright Stainless Steel Teapot