PROPOSTA METODOLÓGICA DE ENSINO NA ADAPTAÇÃO AO MEIO AQUÁTICO Methodological Proposal in Teaching Aquatic Readiness

Ana Cabrita, Andreia Ferrum, Carolina Matos, Dmytriy Martynenko, Rafael Melo, Ana Conceição, Hugo Louro, Marta Martins

Resumo


A adaptação ao meio aquático compreende a aquisição de habilidades aquáticas fundamentais, atitudes e aprendizagens, descendendo à aquisição de habilidades aquáticas mais avançadas, como as técnicas de nado e segurança no meio aquático. Esta proposta metodológica visa permitir aos alunos observarem o seu corpo dentro de água através de um espelho, que se encontra no fundo da piscina.

Para uma melhor observação e tendo em conta, que as nossas primeiras aprendizagens são feitas através da imitação e observação dos nossos familiares, grupo e semelhantes, a utilização de materiais que possam refletir a própria imagem é um meio extremamente pertinente.

Assim, esta proposta vai ajudar não só o aluno no seu processo de aprendizagem, como também o professor nas correções a fazer e inovação da sua metodologia de trabalho. O aluno ao visualizar a sua imagem, tem tendência a melhorá-la e assim a desenvolver as técnicas de natação.

 

ABSTRACT

Aquatic readiness senses the acquisition of fundamental aquatic skills, attitudes and learnings, descending to the acquisition of more advanced aquatic skills, such as swimming strokes and water safety. This methodological proposal will allow students to observe their body inside water through a mirror. The mirrors are going to be fixed on the bottom of the pool.

Considering that our early learning is done through the imitation and observation of our family and identical groups the use of materials that can reflect our image is an extremely relevant device.

This method will help not only the student in their learning process, but also the teacher in the corrections and innovation of this methodology. The learner in visualizing his image, tends to improve it and then develop swimming strokes.


Palavras-chave


Adaptação ao Meio Aquático, Reflexo, Técnicas de Nado, Inovação, Aquatic Readiness, Skills Acquisition, Mirrors, Innovation

Texto Completo:

PDF

Referências


Ávila, F., & Moreno, F. J. (2003). Visual search strategies elaborated by tennis coaches during execution error detection processes. Journal of Human Movement Studies, 44, 209-224

Bandura, A. (1970). Modeling theory: Some traditions, trends, and disputes. In W. S. Sahakian (Ed.), Psychology of learning: Systems, models, and theories. Chicago: Markham.

Blanksby, B. A., Parker, H. E., Bradley, S., & Ong, V. (1995). Children’s readiness for learning front crawl swimming. The Australian Journal of Science and Medicine in Sport, 27(2), 34-37.

Chollet, D. (2003). Natación deportiva. Barcelona: Inde. Pp. 175-252.

Langendorfer, S.; German, E., & Kral, D. (1988). Aquatic games and gimmicks for young children. National aquatic journal.

Langendorfer, S. & Bruya, L. (1995). Aquatic readiness. Developing water competence in young children. Human Kinetics. Champaign, Illinois.

Piaget, J. (1971). A epistemologia genética. Petrópolis: Vozes.

Piaget, J. (1983). Problemas de psicologia genética. In: Os pensadores. São Paulo: Abril Cultural.

Schmidt, P. (1997). De la decouverte à la performance. Paris: Éditions Vigot.

Williams, A. M., Davids, K., & Williams, J. G. (1999). Visual perception and action in sport. London: E&FN Spon.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Copyright Stainless Steel Teapot