A escuta / técnica de comunicação terapêutica: o que valorizam os enfermeiros

Maria Coelho

Resumo


Para o enfermeiro é a comunicação, nas suas dimensões verbal e não-verbal, que vai permitir o sucesso dos procedimentos técnicos, e, da relação estabelecida com as pessoas. No sentido de garantir e ampliar as possibilidades de sucesso quanto à utilização eficaz da comunicação, explorando a sua dimensão terapêutica, existem algumas técnicas entre as quais se situa a escuta que se nos afigura, para tal, fundamental e imprescindível.

Com o objetivo de conhecer a forma como os enfermeiros se posicionam perante a utilização da comunicação terapêutica na prestação de cuidados, realizou-se um estudo quantitativo e exploratório, cujos resultados referentes à escuta como técnica de comunicação e/ ou de comunicação terapêutica se apresentam.  

Os dados aqui mobilizados foram recolhidos através da aplicação de um questionário com a colaboração da Ordem dos Enfermeiros Portugueses que colocou e divulgou na sua página, o link de acesso ao mesmo.

Responderam ao questionário 448 enfermeiros inscritos na Ordem dos Enfermeiros.

Destacam-se das principais conclusões o facto da escuta ter sido considerada por mais de 98% dos respondentes técnica de comunicação terapêutica, bem como a concordância quanto à importância da escuta na prestação de cuidados de enfermagem

 

Palavras-chave: comunicação, comunicação terapêutica, escuta, enfermeiro


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Copyright Stainless Steel Teapot And Osmanthus Oolong Tea