A intervenção do enfermeiro de reabilitação face à pessoa com alteração da deglutição, em situação de avc, promotora da independência na atividade de vida comer e beber

Patrícia Martins, José Lourenço

Resumo


A alteração da deglutição (disfagia) surge com frequência na pessoa em situação de AVC. Esta condição pode, desencadear um nível de dependência na atividade de vida comer e beber, pelo que o Enfermeiro de Reabilitação deve atuar, com um conjunto de intervenções específicas, de modo a melhorar a funcionalidade da deglutição da pessoa com o objetivo de promover a independência nesta atividade de vida, melhorando a sua qualidade de vida.

OBJETIVO: Conhecer a evidência científica no que se refere à intervenção do Enfermeiro de Reabilitação face à pessoa com alteração da deglutição, em situação de AVC, que seja promotora da independência na atividade de vida comer e beber.

MÉTODOS: Revisão Sistemática da Literatura pelo método PI[C]OD. Foram incluídos três estudos a partir da pesquisa em bases de dados electrónicas (EBSCO).

RESULTADOS: Os estudos mostram que existem diversas intervenções do Enfermeiro de Reabilitação, face à pessoa com alteração da deglutição (disfagia), em situação de AVC, que ajudam e/ou melhoram a independência na atividade de vida comer e beber, permitindo uma maior segurança no ato de deglutir, evitando dessa forma possíveis complicações.

 

Palavras-chave: Enfermagem; Reabilitação; AVC; Deglutição; Alterações na deglutição


Texto Completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Copyright Stainless Steel Teapot